sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

Bye Bye Tristeza

Ninguém aqui é puro
Anjo ou demônio
Nem sabe a receita de viver feliz
Não dá prá separar o que é real do sonho...
E nem eu de você
E nem você de mim
E nem eu de você
E nem você de mim...

Eu não tô aqui prá sofrer
Vou sentir saudade prá que?
Quero ser feliz
Bye! Bye! Tristeza! Não precisa voltar...

Já sei errar sozinha sem pedir conselhos
Se eu sofrer quem é que vai chorar por mim?
Já sei olhar prá mim sem precisar de espêlhos...
Não me diga que não
E nem me diga sim
Não me diga que não
E nem me diga sim...

Eu não tô aqui prá sofrer
Vou sentir saudade prá que?
Quero ser feliz
Bye! Bye! Tristeza! Não precisa voltar...

Sandra de Sá (Carlos Colla)

...

No dia 22 de dezembro no setor 3 do Parque Vila Germânica. Alguns empresários organizaram o Natal Alles Blau Blumenau. Sandra de Sá e amigos fizeram um show gratuito para recuperar o ânimos dos atingidos com as enchentes. Não entrou água na minha casa não, mas não dispenso boa música e até que estava precisando de uma certa injeção de ânimo.
Entrada individual de Diego Figueiredo, Daniel Del Sarto, Jorge Vercillo, Preta Gil, Armandinho, Sergio Lorozza, Macal e por fim Sandra de Sá.Valeu a pena.


O ponto alto do show foi a canção Bye Bye tristeza onde todos os participantes subiram ao palco juntos utilizando a música ocmo uma espécie de hino.

Olhos Coloridos

Os meus olhos coloridos
Me fazem refletir
Eu estou sempre na minha
E não posso mais fugir...

Meu cabelo enrolado
Todos querem imitar
Eles estão baratinados
Também querem enrolar...

Você ri da minha roupa
Você ri do meu cabelo
Você ri da minha pele
Você ri do meu sorriso...

A verdade é que você
(Todo brasileiro tem!)Tem sangue crioulo
Tem cabelo duro
Sarará, sarará
Sarará, sarará

Sarará crioulo...
Sarará crioulo
Sarará crioulo...


Sandra de Sá (Macau)

Não Quero Dinheiro

Vou pedir prá você voltar
Vou pedir prá você ficar
Eu te amo!
Eu te quero bem...

Vou pedir prá você gostar
Vou pedir prá você me amar
Eu te amo!Eu te adoro, meu amor!...

A semana inteira
Fiquei esperando
Prá te ver sorrindo
Prá te ver cantando
Quando a gente ama
Não pensa em dinheiro
Só se quer amar Se quer amar Se quer amar
De jeito maneira
Não quero dinheiro
Quero amor sincero
Isto é que eu espero
Grito ao mundo inteiro
Não quero dinheiro
Eu só quero amar!

Te espero para ver se você vem
Não te troco nesta vida por ninguém
Porque eu te amo!
Eu te quero bem...

Acontece que na vida a gente tem
Que ser feliz por ser amado por alguém
Porque eu te amo
Eu te adoro, meu amor!...


Sergio Loroza (Tim Maia)

Ursinho De Dormir

E hoje eu descobri
O quanto eu te quero
Ursinho de dormir
Vem que eu te espero assim
Eu hei de conquistar
Teu coração durão demais
Que não quis pagar pra ver
Nem dá o braço a torcer

Eu vou te levar pro mar
Nas pedras eu vou te amar
E ao ver o sol se pôr
Eu vou te matar de amor
E eu vou te levar pro céu
Pra onde você quiser
Eu tenho um beck pra depois
Pra brindar o infinito de nós dois,
De nós dois, de nós dois


Armandinho

Sinais de Fogo

Quando você me vê
Eu vejo acender
Outra vez aquela chama
Então pra que se esconder
Você deve saber
O quanto me ama

Que distância vai guardar nossa saudade
Que lugar vou te encontrar de novo
Fazer sinais de fogo
Pra você me ver
Quando eu te vi, e te conheci
Não quis acreditar na solidão
E nem demais em nós dois
Pra não encanar

Eu me arrumo, eu me enfeito, eu me ajeito
Eu interrogo meu espelho
Espelho que eu me olho
Pra você me ver

Porque você não olha cara a cara
Fica nesse passa não passa
O que falta é coragem
Foi atrás de mim na Guanabara
Eu te procurando pela Lapa
Nós perdemos a viagem


Preta Gil (Ana Carolina/Totonho Villeroy)

Chega de Fingir

Chega de fingir
Eu não tenho nada à esconder
Agora é prá valer
Haja o que houver...

Não tô nem aí
Eu não tô nem aqui pro que dizem
Eu quero é ser feliz
E viver prá ti...

Pode me abraçar sem medo
Pode encostar tua mão na minha...

Meu amor!
Deixa o tempo se arrastar sem fim
Meu amor!
Não há mal nenhum gostar assim
Oh! Meu bem!
Acredite no final feliz
Meu amor! Meu amor!....


Jorge Vercilo

quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

A Lua Que Eu Te Dei

Posso te falar dos sonhos
Das flores
De como a cidade mudou
Posso te falar do medo
Do meu desejo, do meu amor...
Posso falar da tarde que cai
E aos poucos deixa ver
No céu a Lua
Que um dia eu te dei...

Gosto de fechar os olhos
Fugir no tempo
De me perder
Posso até perder a hora
Mas sei
Que já passou das seis...
Sei que não há no mundo
Quem possa te dizer
Que não é tua
A Lua que eu te dei...
Pra brilhar
Por onde você for
Me queira bem
Durma bem
Meu Amor...

Eu posso falar
Da tarde que cai
E aos poucos deixa ver
No céu a Lua
Que um dia eu te dei...
Pra brilhar
Por onde você for
Me queira bem
Durma bem
Meu amor...

Durma bem
Me queira bem
Meu Amor...

A Lua que eu te dei!

Ivete Sangalo (Herbert Vianna)

...


Show da Ivete Sangalo na Expoville. Ela é ótima, carisma mil, mas não curti muito o show, não por ela, mas pelo local. Acústica horrível, muito cheio, e eu como diz um amigo, por não ser muito favorecida verticalmente, tenho que me afastar do palco para poder ver alguma coisa. Oito ou oitenta, ou lá na frente no gargalo, ou bem longe pra pegar ângulo. Optei pelo bem longe, pois detesto esse tipo de muvuca, me da falta de ar. E o som não chegava, chegava diferente. Ou bem ouvia e dançava conforme o que chegava aos meus ouvidos, ou bem copiava a danada da Ivete. Resumindo fui me preocupar com a sincronia das coisas, acabei que não aproveitei o show do jeito que deveria, ao máximo. Mas mesmo com tudo isso, deu pra rir muito com essas gurias...

domingo, 14 de dezembro de 2008

Tudo, menos amor

Tudo que quisereste darei ó flor!
menos meu amor
darei carinho se tiveres a necessidade
e peço a deus para lhe dar muita felicidade
infelizmente só não posso ter-te para mim
coisas da vida, é mesmo assim
embora saiba que me tens tão grande adoração
eu sigo a ordem e essa é dada por meu coração
neste romance existem lances sensacionais
mas te dar o meu amor, jamais


A gente ama verdadeiramente uma vez
outras são puras fantasias digo com nitidez
mais uma história de linguagens sensíveis e reais
o que quiseres mas, o meu amor, jamais
tudo que quiseres


Monarco (Marquinhos Diniz)

...

Mais um samba da melhor qualidade...

Show na Tupy, com Marquinhos Diniz. Junho de 2008.

Na verdade a Familia Diniz já é visitante assídua de Joinville.



Do leme ao pontal / Descobridor dos sete mares

Do leme ao pontal
Não há nada igual
Do leme ao pontal
Do leme ao pontal
Não há nada igual no mundo

Sem contar com calabouço, flamengo, botafogo,Urca, praia vermelha.

Do leme ao pontalNão há nada igual...

Sem contar com calabouço, flamengo, botafogo,Urca, praia vermelha.

Tomo guaraná, suco de cajú, goiabada para sobremesa...

(...)

Uma luz azul me guia
Com a firmeza e os lampejos do farol
E os recifes lá de cima
Me avisam dos perigos de chegar
Angra dos Reis e Ipanema
Iracema, Itamaracá
Porto Seguro, São Vicente
Braços abertos sempre a esperar

Pois bem, cheguei
Quero ficar bem à vontade
Na verdade eu sou assim
Descobridor dos sete mares
Navegar eu quero

No mar a luz azul me guia
Com a firmeza e os lampejos do farol
E os recifes lá de cima
Me avisam dos perigos de chegar
Angra dos Reis e Ipanema
Iracema, Itamaracá
Porto Seguro, São Vicente
Braços abertos sempre a esperar

Pois bem, cheguei
Quero ficar bem à vontade
Na verdade eu sou assim
Descobridor dos sete mares
Navegar eu quero

Tim Maia (Monobloco)

...

Show do Monobloco em Curitiba, outubro de 2008.
Não tem como ficar parado na frente daquela bateira perfeita...você sai do show revigorado...


M.O.N.O.B.L.O.C.O...que beleza.
Uh MONOBLOCO!!!

sábado, 6 de dezembro de 2008

Lucidez

Ueraia... Ueraraue... Ueraia...

Por favor!
Não me olhe assim
Se não For viver só para mim...

Aliás!
Se isto acontecer
Tanto faz
Já me fiz por merecer...

Mas cuidado não vá se entregar
Nosso caso não pode vazar
É tão bom se querer
Sem saber
Como vai terminar...

Onde a lucidez se aninhar
Pode deixar
Quando a solidão apertar
Olhe pro lado
Olhe pro lado
Que eu estarei por lá...

Cleber Augusto e Jorge Aragão

...

Há dois anos, fui passar um final de semana em Florianópolis com a Moni. O objetivo principal do final de semana era samba o máximo de tempo que conseguíssemos. Ela era minha parceirassa pra samba, não interessava o local, podia ser o pior dos botecos, mas se o samba era de raiz, e bom, estavamos dentro e com certeza voltaríamos.No sábado fomos conhecer um restaurante chamado "Praça 11". Perfeito. Um casarão, com um quintal enorme nos fundos, com uma tenda para os músicos e muitas árvores que faziam um sombreiro maravilhoso e aconchegante. Servem um feijão gostoso, e o samba da melhor qualidade. Partido alto, dolência...e eis que do nada surge "o cara". Não, não era um gatinho especial, mas um compositor maravilhoso, ex integrante do grupo que sou fã de carteirinha, Fundo de Quintal. Cleber Augusto, seu nome.


Momento tiete com muito orgulho. Apareceu pra dar uma canja. Eu tava no céu...
Ele compôs essa música junto com Jorge Aragão, e ontem uma pessoa especial me fez lembrar dessa foto.

quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

Aviso Aos Navegantes

Se existe alguém na linha
Se tem alguém no ar
Por favor responda agora
Não me faça esperar...

Há uma certa urgência
Alô informação!
Aqui sou eu sozinho
Do outro lado
Não sei não Sei!...

Instalei uma antena
E lancei um sinal
Há nada no radar
Procuro no dial...

Aviso aos navegantes
Tem mais alguém aí?
Só ouço o som da minha
Própria voz a repetir...

S.O.S. Solidão!Oh! Oh! Oh! Oh! Oh!
S.O.S. Solidão!Comigo não!...
S.O.S. Solidão!

...


Show do Lulu Santos
Centreventos
Joinville
2008

quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

Além da Razão

Por te amar eu pintei um azul pro céu se admirar
Até o mar adocei e das pedras leite eu fiz brotar
De um vulgar fiz um rei e do nada um império pra te dar
E a cantar eu direi o que eu acho então o que é amar

É uma fonte lá atrás do monte do horizonte
Jardim sem espinho
Vinho que vai bem em qualquer canção
Roupa de vestir em qualquer estação
É uma dança paz de criança que só se alcança
Se houver carinho
É estar além da simples razão
Basta não mentir pro seu coração
Laia laialá...

...

Show do Sombrinha...sem palavras.



Amo amo amo...

domingo, 2 de novembro de 2008

Stars

Anyone who ever held you
Would tell you the way I'm feeling
Anyone who ever wanted you
Would try to tell you what I feel inside
The only thing I ever wanted
Was the feeling that you ain't faking
The only one you ever thought about
Wait a minute, can't you see

That IÂ…
Wanna fall from the stars
Straight into your arms
IÂ… I feel you
I hope you comprehend

For the man who tried to hurt you
He's explaining the way I'm feeling
For all the jealousy I caused you
States the reason why I'm trying to hide
As for all the things you taught me
It sends my future into clearer dimensions
You'll never know how much you hurt me
Stay a minute, can't you see

That IÂ…
Wanna fall from the stars
Straight into your arms
IÂ… I feel you
I hope you comprehend

Too many hearts are broken
A lover's promise never came with a maybe
So many words are left unspoken
The silent voices are driving me crazy
After all the pain you caused me
Making up could never be your intention
You'll never know how much you hurt me
Stay, can't you see

That IÂ…
Wanna fall from the stars
Straight into your arms
IÂ… I feel youI hope you comprehend
That IÂ…
Wanna fall from the stars
Straight into your arms
IÂ… I feel you
I hope you comprehend

Simply Red

...

A Caro...amigona desde criança, uma das mais palhaças, moramos juntas em Bal. Camboriú na época da faculdade e dividimos o mesmo quarto. São "N" histórias que adoramos recontar a cada novo encontro e essa música inclui uma delas. Ela adorava cantar na frente do espelho usando a escova de cabelo como microfone, e um dia quando cheguei da faculdade sozinha, fui ligar o som e coloquei uma fita que estava no deck(naquele tempo ainda não tinhamos CD), e quando comecei a ouvir era a voz da Caro cantando Simple Red...senhor, ri muito sozinha e deixei no ponto pra hora que ela chegasse eu ligar "no talo"...ela quase chorou de vergonha e berrava dizendo que isso era invasão de privacidade....amo essa cantora de chuveiro!!!

quarta-feira, 29 de outubro de 2008

Salada Mista

Piveti a casa caiu
então segura não jogo conversa fora
chegou a sua hora, note sinta a mistura
a mistura Johow
vem e pum
eu vou te mostrar o que é mistura de porrada
se ligue bum, sinta qual é sinta viagem
eu te liguei se segura, encare, estale
mente forte,você tem que se ligar
segura a onda Edu.k...
pá, pum, pum, pá
o que é que há?
foi o mano piveti que mandou me chamar
por isso tô aqui e agora vou falá
se liga vagabundo tá na hora de acordar
só num vê quem não quer
não da pra ignorar o futuro é a mistura
o negócio é mixar
punk, hardcore, hip-hop animar
segura ai Mau que a bomba vai estourar...

Cláudia- Mau-Edu.k

...


Uma das coreografias que mais gostei de dançar. O ano foi 1996, coreografia Piveti de Anilton Carlos, mais conhecido como Kairê, um grande amigo meu.

quinta-feira, 2 de outubro de 2008

Jeito de Seduzir

De repente me vem você
Com esse jeito de seduzir
Me fazendo de vez sentir
Uma nova emoção brotar

Existia uma dor em mim
Mas preciso continuar
A tristeza chegou ao fim
E esse louco desejo
Nos une devagar
E aos poucos lhe vejo
Querendo se entregar

O amor me pegou assim
Conduzindo meu coração
E por mais que eu lhe diga não
Dessa vez veio pra ficar
Já não dá pra conter, eu sei
Se negar vou me machucar
É preciso reconhecer
Que entre nós vai continuar, não consigo evitar

Negritude Junior

...


Essa foi minha primeira apresentação de dança de salão, o parceiro era gigante, o Edvaldo. Edvaldo "de Jesus".Era o meu professor de dança de salão. Faz anos que não o vejo. Saudades. Dançamos esse pagodinho meloso na voz de Netinho. Na verdade eram duas músicas que dançavamos, porém foi apenas essa que marcou, pois eu entrava sozinha no palco tentando seduzi-lo...huahauhaua...nunca conseguiria...hahauahauhua.

sexta-feira, 19 de setembro de 2008

Ela só Quer Saber de Sambar

A semana inteira ela só quer saber de sambar
A semana inteira ela só quer saber de zoar
Parou com tudo, trancou faculdade,largou o estudo
Não quer trabalhar
Ela só quer saber de sambar

Já tem amizade com a rapaziada
Já tem passe livre em qualquer parada
Não importa onde seja o pagode que ela vai lá(vai lá, vai lá)
Conhece de cór todo o repertório
E fica bolada se tem falatório
Na roda de samba, só samba ela quer escutar

A semana...

Não tem tempo quente, não tem temporal
No morro no asfalto chega na moral
Não importa se é microfonado ou só no gogó(Gogó, gogó)
Partido ela bate na palma da mão
Dolente ela canta com o coração
Ela faz ser bemol, sustenido, maior ou menor

A semana...

Fundo de Quintal

...

Na verdade essa música não tocava nos sambas que eu frequentava na época, ela é mais recente, mas ganhei o DVD do fundo de quintal, e sempre que coloco (e esse sempre é muito mesmo), ao ouvir essa música me reporto para um tempo bom demais. Tinha trancado a faculdade, voltei pra Joinville, e era samba de quarta a domingo. Quarta Rariah, com os calouros do Koskark; quinta Bar da Sandra, com Sandro, Pestinha e Jairo; sexta, Tropical; sábado, mais tropical, com um leve toque de Chamonix pra quebrar a rotina, domingo Fofão. Senhor! Muito samba bom, na época pagode ainda era pouco, então podiamos curtir o samba raiz sem quebrar o foco. Não, hoje não da pra largar tudo e me jogar no samba, mas tenho curtido a adaptação. Tem um pessoal legal se concentrando, e o samba tem sido da melhor qualidade. Não me esbaldo mais de quarta a domingo, até mesmo porque aqui nem tem tanto samba, mas as segundas estão sendo bem produtivas...rs.

quarta-feira, 17 de setembro de 2008

Sentidos

Não quero seu sorriso
Quero sua boca
No meu rosto
Sorrindo pra mim

Não quero seus olhares
Quero seus cílios
Nos meus olhos
Piscando pra mim

Transfere pro meu corpo
Seus sentidos
Pra eu sentir
A sua dor, os seus gemidos
E entender porque
Quero você !

Não quero seu suor
Quero seus poros
Na minha pele
Explodindo de calor.

Zélia Duncan

...

Quem Sandra? O cara de Santos?? Ainda???
Então gente, esse é o cara de santos...Fernando.


Essa música lembra ele. Uma vez, há anos atrás, 95 ou 96, mandei prá ele a letra dessa música. E Zélia Duncan acabou embalando o ínicio de uma história de amor que tenho muito carinho. Perdi o cd, ganhei outro, achei o anterior e acabei repassando a ele. Assim também foi nossa história.

sexta-feira, 5 de setembro de 2008

Rockafeller Skank

DJ: WBCN who's this?
Brad: Hey this is Brad (this is Brad this is)
DJ: Now uh who's your favorite artist, whodo you want to hear?
Brad: Well m my favorite artist right now is
Fatboy Slim, that guy kicks ass.
DJ: How tremendous is Fatboy Slim?
Brad: The band of the 90's, if you want to call
it a band because it's a one man name.
DJ: Wow...fatboy, and you want to hear that
new fatboy song?
Brad: Absolutely.
DJ: Which one?
Brad: The um funk soul brother check it out.
DJ: Sing it, I don't know which one.
Brad: Right about now, the funk soul brother
check it out now, the funk soul brother.

Right About Now
The Funk Soul Brother, Check It Out Now
The Funk Soul Brother, Right About Now
The Funk Soul Brother, Check It Out Now
The Funk Soul Brother, Right About Now
The Funk Soul Brother, Check It Out Now
The Funk Soul Brother, Right About Now
The Funk Soul Brother, Check It Out Now
The Funk Soul Brother, Right About Now
The Funk Soul Brother, Check It Out Now
The Funk Soul Brother, Right About Now
The Funk Soul Brother, Right About Now
'bout now
'bout now
'bout now

Fatboy Slim

...

Terrível a letra, mais vazia impossível...mas fazer o quê né?! Nem sempre escolhemos a trilha sonora da nossa vida...essa caiu com tudo dentro da minha. Eu e o Clau tínhamos um programa de tv (independente) chamado Tenda Brasil. Uma idéia legal, comercial, mas totalmente fútil, aos meus olhos. Mais tarde virou uma festa e passamos a vende-la na agência como as demais. Assim como ele, também me metia a fazer mil e uma coisas, e uma delas está ai. Performance em Bento Gonçalves...Senhor!!!


"Right About Now"

segunda-feira, 25 de agosto de 2008

I Got You Babe

They say we're young and we don't know
Won't find out until we grow
Well I don't know babe if that's true
'Cause you got me baby, I got you

Babe, I got you babe
I got you babe

They say our love won't pay the rent
Before it's earned our money's always spent
I guess that's so, we don't have a lot
But at least I'm sure of all the things we got

Babe, I got you babe
I got you babe

I got flowers in the spring
I got you to wear my ring
And when I'm sad, you're a clown
And when I get scared you're always around

So then they say your hair's too long
I don't care, with you I can't go wrong
Then put your little hand in mine
There ain`t no hill or mountain we can't climb

Babe, I got you babe
I got you babe

I got you babe
I got you to hold my hand
I got you to understand
I got you to walk with me
I got you to talk with me
I got you to kiss goodnight
I got you to hold me tight
I got you and won't let go
I got you to love me so
I got you, babe

UB40

...


Verão início dos anos 90...Meu primeiro carrinho, um Uno vermelho, rodou bastante entre Barra Velha e Piçarras...Bons tempos em que passava praticamente as férias toda na praia. Saia toda noite, acordava meio dia, ia pra praia, torrava no sol, voltava pra casa comer almoço bom da mãe ou terrível da vó (tadinha), dormia mais um pouquinho, tomava sorvete, jogava taco, mil voltas na quadra ou sentava na frente do Siri Bar. Baralho, canastra, truco, mash mash, dorminhoco...as meninas riam até fazer xixi na calça.
Quitelo, Rancho da Lagoa, Iate Club, Canoa Virada, Chão de Areia, Rariah, e Bali Hai...minhas noitadas acabaram por ai...passei por todas essas tendências.
Tinha amizade e amores de verão...As melhores férias eram sempre em Barra Velha...Essa música lembra essa fase, mais uma época saudosa, com pessoas queridas e momentos inesquecíveis.

Hoje em dia a praia não é mais tão badalada, na verdade acho que nunca foi, apenas pra quem estava lá...só quem passou esses dias de verão que sentia saudades ao chegar o carnaval...

segunda-feira, 18 de agosto de 2008

Soco, Bate, Vira

soco, soco, bate, bate
soco, soco, vira, vira
soco, bate, soco, vira
soco, bate, vira

você brinca com o amigo
você brinca até sozinho
pode ser na perna, com a mão
pode ser na mão, com a mão
quem embola, se enrola
preste muita atenção
porque tudo temque ser rapidão

soco, soco mão fechada
bate, bate mão aberta
se tocar
se bater fora
bobeou a gente erra
tá na hora de brincar
vou fazer bem devagar
porque logo, logo vai acelerar

soco, soco, bate, bate
soco, soco, vira, vira
soco, bate, soco, vira
soco, bate, vira

Xuxa

...


No Dia das Crianças, o laboratório KG faz um evento social, fechando a rua e oferecendo a comunidade serviços e muita diversão para criançada. Durante algum tempo fui parceira e fazia minhas macaquices como a "Palhaça Bailarina". Essa foi a primeira vez que minha filha subiu no palco comigo e participou ativamente.
"Soco soco, bate bate, soco soco, vira vira..."

sexta-feira, 8 de agosto de 2008

É só querer

É só querer
Para o bem querer
É só brincar
Pra poder sonhar
Depois contar quantas histórias eu desejar....

Era uma vez
Eram duas, três
Passou-se um dia
E foi-se um mês
Depois de um ano
Era outra vez
Mais uma história assim se fez...

Láia, láia...la laia laia...

...


Atualmente minha vida profissional me afasta de muitos momentos com minha filha, estou me referindo a quantidade, não qualidade. Porém, sabemos aproveitar nossos momentos com muita cor e brilho. Como afirma minha amiga Tati: "Tempo de qualidade, tua principal linguagem de amor".

Nos finais de semana, costumamos ir à contação de histórias. Um projeto muito bacana de algumas livrarias de Joinville. E a contação tem uma magia toda diferente quando contada pela Fada Flora e a Horrorozimba que começam sempre cantando essa música lindinha.

quinta-feira, 31 de julho de 2008

Fico Assim Sem Você

Avião sem asa
Fogueira sem brasa
Sou eu, assim, sem você
Futebol sem bola
Piu-piu sem Frajola
Sou eu, assim, sem você...

Porque é que tem que ser assim?
Se o meu desejo não tem fim
Eu te quero a todo instante
Nem mil alto-falantes
Vão poder falar por mim...

Amor sem beijinho
Buchecha sem Claudinho
Sou eu, assim, sem você
Circo sem palhaço
Namoro sem amasso
Sou eu, assim, sem você...

Tô louca pra te ver chegar
Tô louca pra te ter nas mãos
Deitar no teu abraço
Retomar o pedaço
Que falta no meu coração...

Eu não existo longe de você
E a solidão, é o meu pior castigo
Eu conto as horas pra poder te ver
Mas o relógio tá de mal comigo...

Por quê? Por quê?

Neném sem chupeta
Romeu sem Julieta
Sou eu, assim, sem você
Carro sem estrada
Queijo sem goiabada
Sou eu, assim, sem você...

Porque é que tem que ser assim?
Se o meu desejo não tem fim
Eu te quero a todo instante
Nem mil alto-falantes
Vão poder falar por mim...

Eu não existo longe de você
E a solidão, é o meu pior castigo
Eu conto as horas pra poder te ver
Mas o relógio tá de mal comigo...

Adriana Calcanhotto - Abdullah / Cacá Moraes

...

Minha princesa...

Sempre cantava essa música prá ela, portanto por este motivo já era marcante, mas no ano de 2005 a escola escolheu essa música para homenagear os pais justamente no dia dos pais. Ela estava lá na frente, linda como sempre, mas dessa vez ela sentiu diferente...começou a cantar mas se emocionou. Parou. Ficou me olhando, então comecei a cantar prá ela e então correu pro meu colo...choramos juntas...Mas passou...e hoje continuamos cantando essa música com brilho nos olhos...um brilho de cumplicidade, amizade, amor incondicional, e muita, muita felicidade.



Te amo do tamanho do Universo!!!

segunda-feira, 28 de julho de 2008

Ladainha Toni Vargas / Chulas

Certa vez
Perguntaram a seu Pastinha
O que era Capoeira
E ele, mestre velho respeitado
Ficou um tempo calado
Revirando a sua alma
Depois, respondeu com calma
Em forma de Ladainha
A capoeira, é um jogo,
E um brinquedo
É se respeitar o medo
E dosar bem coragem
É uma luta,
É manha de mandingueiro
É o vento no veleiro
Um lamento na senzala
É um corpo arrepiado
É um berimbau bem tocado
O sorriso de um menininho
A capoeira
É o vôo de um passarinho
O bote de cobra coral
Sentir na boca,
Todo o gosto do perigo
Se sorrir para o inimigo
E apertar a sua mão
É o grito de Zumbi
Ecoando nos Quilombos
É se levantar do tombo
Antes de chegar no chão
É o ódio
É a esperança que nasce,
Um tapa explodiu na face
E foi arder no coração
Enfim, é aceitar o desafio
Com vontade de lutar
A Capoeira
É um barco pequenino
Solto nas ondas do mar
É um peixe, é um peixinho
Solto nas ondas do mar.
É um barco peregrino(Coro)
Que vaga sem destino(coro)

.................

Ôh cabelo enrolado,
Enrolado, enrolado,
Enrolado, êh
Ôh cabelo enrolado,
Enrolado, enrolado,
Enrolado, êh
(o (Coro) repete)
Esse jogo de Angola é bonito de ver
Ôh cabelo enrolado,
Enrolado, enrolado,
Enrolado, êh

.................

Angola êh êh, Angola êh êh Angola
Angola êh êh, Angola êh êh Angola

Vamos embora êh êh, Vamos embora Camara
Pro mundo afora êh êh, Pro mundo afora Camara

Angola êh êh, Angola êh êh Angola
Angola êh êh, Angola êh êh Angola

...


Na verdade além das chulas, algumas ladainhas ficaram marcadas nessa roda de capoeira em Terezópolis...

Eu e minha amiga Jana nos jogamos numa excursão onde mal conheciamos os capoeristas, mas sabiamos que o evento ia ser de uma grandeza espetácular.

Mestres como Leopoldina, Boa Gente, Gildo Alfinete, Claudio Angoleiro, entre outros, Peixinho, Gato, Ramos, enfim...Presenciamos uma roda com uma energia inesquecível...

sábado, 12 de julho de 2008

This woman's work

Pray God you can cope
I stand outside
This woman's work
This woman's world
Oooh, its hard on the man
Now his part is over
Now starts the craft, of the Father

I know you've got a little life in you yet
I know you've got a lot of strength left
I know you've got a little life in you yet
I know you've got a lot of strength left

I should be crying
But I just can't let it show
I should be hoping
But I can't stop thinking
All the things we should've said
That I never said
All the things we should've done
That we never did
All the things we should've given
But I didn't
Oh darling make it go
Make it go away

Give me these moments back
Give them back to me
Give that little kiss
Give me your hand

Maxwell

...

Mais uma de nossas músicas. É engraçado isso, quando amamos alguém temos muitos momentos maravilhosos, e muitas vezes associamos o momento a um lugar, música, enfim...Eu como uma audilogista atuante teria que associar a algo sonoro... Essa música era uma daquelas especiais que colocávamos pra namorar, ficar abraçadinhos, num dos nossos jantares românticos, mas não foi por esses motivos que ela acabou marcando...e sim por um momento um pouco mais dolorido. Ele morreu num acidente de carro e longe de casa. Não quis ver o carro, acabei vendendo o que sobrou dele, mas o cara que comprou a carcaça quando veio assinar os papéis me trouxe o radio/cd do carro mesmo sem saber se funcionava. Deixei guardado por um bom tempo, até que resolvi testa-lo e então instalar no meu carro. Fui a uma auto elétrica e pra minha surpresa (viu como ele adorava surpresa) o CD com a nossa música estava preso dentro do som, e adivinha qual era a música que estava tocando no exato momento do acidente???Quer mais???
Então presta atenção no que diz letra da música...


Gamei

Quando eu vi
Me amarrei
No teu sorriso
Sonhei!
Eu sonhava que o sol
Namorava o luar
E as nuvens do céu
Beijavam o azul do mar...


Meu amor!
Meu prazer!
Minha paixão é você
Deusa linda do amor
Toma conta de mim
O destino traçou
Prá nunca mais ter fim...


Te amo e não tem jeito
Você é minha sina
Te amo meu amor
Menina!
Te amo e não tem jeito
Você me alucina
Te amar é bom demais
Menina!


Gamei!
No corpo bronzeado
Ganhei!
Um beijo assanhado
Fiquei!
Todinho arrepiado
Parei!
Surpreso e acanhado
Dancei!
De rostinho colado
Olhei!
Bumbum arrebitado
Gostei!
Perfume importado
Amei!
Já sou teu namorado
Gamei!...


Gamei! Gamei! Gamei!Gamei!


Délcio Luiz e André Renato

...


Como já disse o Clau adorava festas, e não sei o que o fazia pensar que uma festa surpresa a cada ano iria continuar sendo surpresa...rs. Acabou virando uma rotina, mas uma rotina maravilhosa, pelo menos pra mim que era a homenageada, já para meus amigos, acho que já estavam um pouco de saco cheio...mas isso mostra que ele nunca perdeu o prazer da conquista, ele manteve essa chama acesa durante nosso casamento...Foi pouco o tempo que a vida nos permitiu viver um ao lado do outro, mas foi a história de amor mais real que tive até hoje... Éramos muito diferentes. Eu amo samba, gostava de um pagodinho, já ele era do pop...mas como todo relacionamento sadio, nos respeitávamos e mantivemos nossas diferenças... Nesse aniversário "surpresa" ele chamou um grupo de pagode, e fez uma serenata pra mim e tentou cantar, (digo tentou porque ele havia esquecido os óculos dentro de casa e a letra era miudinha no encarte do CD, portanto ele tentou cantar) uma de nossas músicas...Ele era lindo, tinha orgulho em amar e demonstrar seu amor, era dedicado, se entregou de corpo e alma a sua decisão em me amar!!!

Eu Sei Que Vou Te Amar

Eu sei que vou te amar
Por toda a minha vida
Eu vou te amar
A cada despedida
Eu vou te amar
Desesperadamente
Eu sei que vou te amar..

E cada verso meu será
Prá te dizer
Que eu sei que vou te amar
Por toda a minha vida...

Eu sei que vou chorar
A cada ausência tua eu vou chorar
Mas cada volta tua há de apagar
O que essa tua ausência me causou...

Eu sei que vou sofrer
A eterna desventura de viver
À espera de viver ao lado teu
Por toda a minha vida...

Vinícius de Morais/Tom Jobim

...


Foi a música que entrei na cerimônia religiosa...
Depois de casados, meu marido chamou uma amigona minha, que é cantora, Ana Paula da Silva(Aninha pra mim), e ela então cantou numa das Ns festas surpresas que ele armava...rs...
Mas essa me surpreendeu mesmo, fiquei supresa sim e muito emocionada....

quarta-feira, 9 de julho de 2008

Valeu demais

Ah valeu, valeu demais, valeu demais
Tudo o que a gente passou
Tudo, tudo que a gente criou
Foi maravilhoso, inesquecível, demais

Tudo o que a gente brigou
Todas que a gente dançou
Foi maravilhoso, inesquecível, demais

Mas, você não está aqui
Mas, por que que isso aconteceu
Mas, eu quero dizer agora
Sem onda, sem hora, porque
Valeu, Valeu demais.

Leandro Lehart

...

A gente morre pela boca mesmo...Cansei de falar pra minhas amigas que quando casasse faria uma despedida de solteira e não um chá de panela queria uma completa, com direito a tudo...Claro que queria um striper na minha despedida, mas como disse, morremos pela boca...Casei com o cara que vendia e apresentava o The Ladies First, acabei conhecendo todos os garotões sarados do clube, inclusive um deles foi padrinho de casamento e outro padrinho da minha filha, ou seja, esquece a despedida, volta o chá de panela...Enfim, mas o que importa é que foi divertido e com amigas que amo muito...uma delas, a Nê, acabou me sacaneando nas "prendas" e me fez cantar uma música(essa ai em cima)...Ela sabia o significado...E eu que não bebo, e naquele dia parecia um peru de festa com bebida empurrada goela abaixo, cantei e me acabei de chorar pensando no passo que estava dando a frente e no que tinha que deixar para trás....



Valeu...Valeu demais mesmo...

quinta-feira, 12 de junho de 2008

Glory Box


I'm so tired, of playing
Playing with this bow and arrow
Gonna give my heart away
Leave it to the other girls to play
For I've been a temptress too long

Just...

Give me a reason to love you
Give me a reason to be ee, a woman
I just wanna be a woman

From this time, unchained
We're all looking at a different picture
Thru this new frame of mind
A thousand flowers could bloom
Move over, and give us some room

Give me a reason to love you
Give me a reason to be ee, a woman
I just wanna be a woman

So don't you stop, being a man
Just take a little look from our side when you can
Sow a little tenderness
No matter if you cry

Give me a reason to love you
Give me a reason to be ee, a woman
Its all I wanna be is all woman

For this is the beginning of forever and ever
Its time to move over... ...
Portishead

...

Essa música começou a marcar ontem....mas não pra mim...vai ficar na minha trilha sonora de mais um momento somente quando o planejado e construido a dois acontecer.
...praia...noite...luar...promessa...farol...espera...desejo...paixão...furia...amor...dois... loucura...sanidade...colo...proteção...entrega total...
Give me a reason to love you

domingo, 8 de junho de 2008

Sandina

Sábado todo,
eu chorei de mágoa
Minha garota,
foi pra Manágua

Lutar pela revolução
Lutar pela revolução
Todo mundo, vai embora
Todo mundo, tem sua hora

Ela me deixou,
me trocou
Por um sandinista especialista em granada

Replicantes

...

Ontem tivemos nosso reencontro da turma do Colégio Bom Jesus. Fiz o cinetífico lá, nem se chama mais científico né? Agora é ensino médio. Quem organizou foi a Ana Rubia, claro que não conseguimos reunir a grande maioria, mas foi uma noite muito legal. Reencontramos muitos que há tempos não viamos...

Professores: J.J., Cristo, Sônia, Bertoldi, Cristo, Maria Célia...
Amigos: Ana Rubia, Karina, Ana Paula, Astridt, Tita, Paty, Francis, Cris, Sheila, Deise, Ju, Andrey, Tetão, Alceu, Tufi, Marcelo, Aron, Pacheco, Murta...



Muita risada, muita sessão nostálgia, muita música dos anos 80, Dj do Tenis não é pouca coisa não.

A que mais marcou foi Sandina, Replicantes...nem lembrava que essa música existia, mas quando ela começou a tocar...nossa....eu nem cantava junto, eu berrava...."...lutar pela revolução..."

sábado, 7 de junho de 2008

Marcas do Que se Foi

Este ano quero paz
No meu coração
Quem quiser ter um amigo
Que me dê a mão...

O tempo passa e com ele
Caminhamos todos juntos
Sem parar
Nossos passos pelo chão
Vão ficar...

Marcas do que se foi
Sonhos que vamos ter
Como todo dia nasce
Novo em cada amanhecer...

Os Incríveis

...

Faculdade, festinhas à parte, comissão de formatura formada por apenas duas pessoas, uma sala com 60 meninas, iniciam os preparativos para o grande dia. Neste meio tempo, churrascos, encontros eram o que mais realizávamos, e num deles onde convidamos nossas homenageadas, nossa colega de turma, a prof. Gladys, depois de beber todas, puxa a música Marcas do que se foi, a qual virou hit da nossa turma no meio de gargalhadas e lagrimas.No grande dia demos um toque especial, convidamos o coral dos Deficientes Auditivos da UNIVALI para traduzir em gestos e dar uma roupagem nova...Foi emocionante.


Na foto, Gladys ainda acordada....

sábado, 31 de maio de 2008

Rosa

Tu és divina e graciosa
Estátua majestosa
No amor!
Por Deus esculturada
E formada com ardor...

Da alma da mais linda flor
De mais ativo olôr
Que na vida é preferida
Pelo beija-flor...

Se Deus
Me fora tão clemente
Aqui neste ambiente
De luz, formada numa tela
Deslumbrante e bela...

Teu coração
Junto ao meu lanceado
Pregado e crucificado
Sobre a rosa e a cruz
Do arfante peito teu...

Tu és a forma ideal
Estátua magistral
Oh! alma perenal
Do meu primeiro amor
Sublime amor...

Tu és de Deus
A soberana flor
Tu és de Deus a criação
Que em todo coração
Sepultas um amor...

O riso, a fé, a dor
Em sândalos olentes
Cheios de sabor
Em vozes tão dolentes
Como um sonho em flor...

És láctea estrela
És mãe da realeza
És tudo enfim
Que tem de belo
Em todo resplendor
Da santa natureza...

Perdão!
Se ouso confessar-te
Eu hei de sempre amar-te
Oh! flor!
Meu peito não resiste
Oh! meu Deus
O quanto é triste
A incerteza de um amor
Que mais me faz penar
Em esperar
Em conduzir-te
Um dia ao pé do altar...

Jurar aos pés do Onipotente
Em preces comoventes
De dor, e receber a unção
Da tua gratidão...

Depois de remir meus desejos
Em nuvens de beijos
Hei de envolver-te
Até meu padecer
De todo fenecer...

Pixinguinha

...

Barra Velha... A praia não era das mais esplendidas...
Cristo...Não, não era o redentor...
Lua...Não era cheia, mas enfeitiçava...
Carro...E não era conversível...
2...O número par mais lindo que existe...
Trilha sonora...Rosa...
Declamada palavra por palavra olhando dentro dos meus olhos...


Claro que fiquei apaixonada pelo garoto moreno, engraçado, intelectual, que me deu de presente A Rosa de Pixinguinha...
Acho que foi a partir desta paixão que meu gosto musical se direcionou...

sexta-feira, 23 de maio de 2008

Amigos Para Siempre

I don't have to say
A word to you
You seem to know
Whatever mood
I'm going through
Feels as though
I've known you forever

YouCan look into my eyes and see
The way I feelAnd how
The world is treating me
Maybe I have known you forever

Amigos para siempre
Means you'll always be my friend
Amics per sempre
Means a love that cannot end
Friends for life
Not just a summer or a spring
Amigos para siempre

I feel you near me
Even when we are apart
Just knowing you are in this world
Can warm my heart
Friends for life
Not just a summer or a spring
Amigos para siempre

We share memories
I won't forget
And we'll share more,
My friend,
We haven't started yet
Something happens
When we're together

When
I look at youI wonder why
There has to come
A time when we must say goodbye
I'm alive when we are together

Amigos para siempre
Means you'll always be my friend
Amics per sempre
Means a love that cannot end
Friends for life
Not just a summer or a spring
Amigos para siempre

I feel you near me
Even when we are apart
Just knowing you are in this world
Can warm my heart
Friends for life
Not just a summer or a spring
Amigos para siempre

When
I look at youI wonder why
There has to come
A time when we must say goodbye

I'm alive when we are together

Amigos para siempre
Means you'll always be my friend
Amics per sempre
Means a love that cannot end
Friends for life
Not just a summer or a spring
Amigos para siempre

I feel you near me
Even when we are apart
Just knowing you are in this world
Can warm my heart
Friends for life
Not just a summer or a spring
Amigos para siempre
Amigos para siempre

...

Estou relembrando essa música com lágrimas nos olhos e para provar que somos "Friends for life Not just a summer or a spring", a Adi ta compartilhando essas lágrimas a mais de 5.500km de distância...não da nem pra achar no google a distância certa amiga....

...essa foto é no congresso em Baúru, 1995...exatamente no momento de lágrimas onde todas cantavam Amigos para siempre.
Um dos melhores bailes até então: Adi na boquinha da garrafa(abafa o caso), faziamos uma espécie de pax de deux onde até anel voava, um drink dos deuses de cor azul com o tal gelo seco, uma dançava com o motorista, outra perdia o sapato no banheiro...enfim...depois de tanto causos, a paixão não podia deixar de tomar conta dessa mulherada...and Means you'll always be my friend.

quinta-feira, 22 de maio de 2008

Castelhana

Eu hoje me vou pra fronteira
pois queira ou não queira, vou ver meu amor
esperei toda a semana
prá ver a castelhana, minha linda flor
tá frio na minha cidade
a bem da verdade, está frio demais.

Ao sul do meu coração
quero tempo bom
só voce me traz.

Larga tudo e vem comigo
vamos encarar o perigo
larga tudo e vem comigo
vamos encarar o perigo.

Castelhana se voce me ama, me ama, me ama
me diz
Castelhana se voce me ama, me ama, me ama
a gente pode ser feliz.


Elton Saldanha

...

Aproveitando o feriado, que há alguns bons anos atrás tínhamos um pique danado pra festar, não podia deixar de recordar essa música. Estamos na época da festa do pinhão, e essa música era o hit das nossas "Sbornias"...Essa foto é na casa do Junior...A mãe dele nos hospedava lá, quando voltávamos da festa tinha uma mesa com um café da manha de diretoria, com creme de café batido pronto para misturarmos no leite...Escrevendo assim da até pra sentir o cheiro...



"Lageano se voce me ama, me ama, me ama...me diz..."

sexta-feira, 16 de maio de 2008

How Deep Is Your Love

I know your eyes in the morning sun
I feel you touch me in the pouring rain
and the moment that you wander far from me
I wanna feel you in my arms again.


And you come to me on a summer breeze
keep me warm in your love then you softly leave
and it's me you need to show
how deep is your love


How deep is your love?
How deep is your love?
I really mean to learn
Cause we're living in a world of fools
breaking us down
when they all should let us be
we belong to you and me.


I believe in you
you know the door to my very soul.
you're the light in my deepest darkest hour
you're my saviour when I fall in love.


And you may not think I care for you
when you know down inside that I really do
and it's me you need to show How deep is your love?


you come to me on a summer breeze
keep me warm in your love then you softly leave
and it's me you need to show
how deep is your love


Bee Gees

...

Traduzindo essa música, lembrando da melodia, o mínimo que podemos tentar associa-la é a uma história de amor....mas não na trilha sonora da minha vida...já que o filme é meu, eu escolho em que cena colocar essa música...e a lembrança mais real, a que me vem a cabeça quando ela toca é a seguinte cena: eu e Dani, no estacionamento da oktoberfest, acompanhantes a parte, vontade louca de fazer xixi depois de muito chopp e embaladas ao som de How deep is your love...

Saudade amiga...
Saudade desse nosso descompromisso...
Saudade dessa energia eufórica...
Saudade das gargalhadas espontâneas...
Saudade dos choros involuntários seguidos de risos envergonhados...
Saudade das broncas que dávamos uma na outra...
Saudade das apostas perdidas em pizza...
Saudade do gol vermelho...
Saudade do nosso tipinho...
Saudade de quem éramos...
Saudade demais de você....

sábado, 10 de maio de 2008

Crazy for you

Swaying room as the music starts
Strangers making the most of the dark
Two by two their bodies become one

I see you through the smokey air
Can't you feel the weight of my stare
You're so close but still a world away
What I'm dying to say, is that

I'm crazy for you
Touch me once and you'll know it's true
I never wanted anyone like this
It's all brand new, you'll feel it in my kiss
I'm crazy for you, crazy for you

Trying hard to control my heart
I walk over to where you are
Eye to eye we meet, no word at all

Slowly now we begin to move
Every breath I'm deeper into you
Soon we two are standing still in time
If you read my mind, you'll see

It's all brand new, I'm crazy for you
And you know it's true
I'm crazy, crazy for you

Madonna

...

Coincidências a parte justamente esta semana reencontrei o "meu primeiro".... não, não....Não foi um remember, longe disso. Infelizmente a situação que nos encontramos não era das mais agradáveis, tive que fazer o exame demissional desta pessoinha querida. Um cara com um coração enorme, um sorriso tão grande quanto, uma família maravilhosa, e que guardo boas recordações. Ingênuos, adolescentes querendo ser adultos, ficantes em longo prazo, sem compromissos, amigos, palhaços, e desbravadores num capo de um carro.... Hoje vidas em linhas opostas, mas ficou o carinho e respeito no coração de ambos...tenho certeza.
Bem, Crazy for you embalou nossas descobertas, nossos fim de noites, nossas tardes, nosso passado....

Foi nesse ano, após esse niver....e sim, ele estava na foto...rs

quarta-feira, 30 de abril de 2008

Você pra mim

É incrível a nossa história
Sem nenhuma prova concreta
Só palavras, que voam com o vento
Imagens que eu guardo na memória
Um segredo inviolável
De uma paixão inflamável
Mas que nunca incendeia
Nem em noite de lua cheia


Às vezes passo dias inteiros
Imaginando e pensando em você
E eu fico com tantas saudades
Que até parece que eu posso morrer


Pode acreditar em mim
Você me olha, eu digo sim
Mas eu nem sei se sofro assim
O que eu quero é você pra mim


Fernanda Abreu

...

Rahiah, boate de Joinville que não existi mais. Mas quem esteve nela, curtiu a boa época.
Saída sem expectativa além de dançar a noite toda, muita coca-cola porque não bebia, meninas dançando, meninos cercando, e um certo "grilo” me olhando.
E a noite acabou bem, na verdade começou bem, porque pra época não aconteciam as ficadas de final de noite, e sim o beijo final, ou melhor...Finalmente o beijo.
Rendeu um namorico por apenas dois meses, mas que foi embalado pela música deliciosa de Fernanda Abreu.
Experiências.

domingo, 27 de abril de 2008

Rain

I feel it! It's coming!...

Rain, feel it on my finger tips
Hear it on my window pane
Your love is coming down like

Rain, wash away my sorrow
Take away my pain
Your love's coming down like, rain.

When your lips are burning mine
And you take the time to tell me how you feel
When you listen to my words
And I know you've heard, I know it's real

Rain is what the thunder brings
For the first time I can hear my heart sing
Call me fool but I know I'm not
I'm gonna stand out here on the mountain top
Till I feel your ...

When you looked into my eyes
And you said goodbye, could you see my tears?
When I turned the other way
Did you hear me say?:I'd wait for all the dark clouds
Bursting in a perfect sky
You promissed me when you said goodbye
That you'd return when the storm was done
And now I wait for the light
I wait for the sun till I feel your

Here comes the sun
Here comes the sun
And I say: Never go away

Waiting for the hardest thing
It's strange I feel like I've known you before
I tell myself if I believe in you
And I want to understand you
In the dream of you more and more
With all my heart and all my soul
When I'm with you
That by sheer force of willI feel like a magical child
I will raise you from the ground
Everything strange
And without a sound you'll appear
Everything wild
And surrender to me
To love

Rain is what the thunder brings
For the first time I can hear my heart sing
Call me a fool but I know I'm not
I'm gonna stand out here on the mountain top
Till I feel your...

Rain
I feel itIt's coming
Your love's coming down like

Madonna

...

The Girlie Show!

Novembro de 1993, turnê inclui o Brasil. Eu e Mitche's embarcamos numa excursão para SP com um povo que não conheciamos muito bem. Chegamos super cedo no Morumbi, horas na fila, pegamos o ensaio de palco da Madonna, e Rain foi a música de passagem de som. Foi um dos momentos mais emocionantes do show. Amei, Amei, Amei.



"Your love is coming down like rain".

sábado, 19 de abril de 2008

Até quando esperar / Garota de Berlim

Não é nossa culpa
Nascemos já com uma bênção
Mas isso não é desculpa
Pela má distribuição

Com tanta riqueza por aí, onde é que está
Cadê sua fração
Com tanta riqueza por aí, onde é que está
Cadê sua fração

Até quando esperar

E cadê a esmola que nós damos
Sem perceber que aquele abençoado
Poderia ter sido você
Com tanta riqueza por aí, onde é que está
Cadê sua fração
Com tanta riqueza por aí, onde é que está
Cadê sua fração

Até quando esperar a plebe ajoelhar
Esperando a ajuda de Deus
Até quando esperar a plebe ajoelhar
Esperando a ajuda de Deus

Posso
Vigiar teu carro
Te pedir trocados
Engraxar seus sapatos
PossoVigiar teu carro
Te pedir trocados
Engraxar seus sapatos

Plebe Rude

...............................................................................................................

Caminhava eu sozinho
A noite olhando para o chão
De repente eu vi uma figura
Que de longe tocou meu coração

E parecia tudo tão irreal
Aquela luz azul e ela afinal
E quando eu caminhava ela desapareceu
Foi num piscar de olhos, nem sei como aconteceu

Imediatamente comecei a procurar
Aquela garota eu preciso encontrar
Mas essa cidade é tão imensa
Não sei seu nome, nem como lhe chamar

Linda garota
De Berlim

Já desesperado parecia que era o fim
Nunca encontraria a garota de Berlim
De repente, então ela me apareceu
Foi num piscar de olhos nem sei como aconteceu

Fiquei ali parado, e ela então se aproximou
Olhou bem nos meus olhos e pra mim assim falou:
Sex, sex, sex, desire!

E nesse mistério minha vida prosseguiu
Aquelas palavras, aquele olhar febril
Eu sei que esse conflito lindo nunca terá fim
Jamais esquecerei a garota de Berlim

Supla/Tokyo

...

"Festa estranha com gente esquisita"....Essa era a definição pra primeira festa que fui da minha prima 3 anos mais velha. Aquelas músicas: sopa de letrinhas, garota de Berlim, policia, Eduardo e Mônica geravam uma certa "Decadence avec elegance" e eu perdida, tentando interagir com um pessoal que não conhecia mas admirava. Meninas da moda, mais velhas, que se vestiam bem, conheciam diversos garotos interessantes...Eu queria logo fazer 18 anos...Ingenuidade eu sei, mas pra idade enchiam meus olhos....Afinal: "Decadence - é melhor viver dez anos a mil, do que mil anos a dez".

terça-feira, 1 de abril de 2008

Girl I'm Gonna Miss You

I knew it from the start
You would break my heart
But you still I had to play this painful part
You wrapped me 'round your itty-bitty finger
With your magic smile
You kept me hangin' on a lovers cross a while
You put your spell on me
Took my breath away
But there was nothin' I could do to make you stay
I'm gonna miss you
All the love I feel for you
Nothing could make me change my point of view
Oh girlI'm gonna miss you baby
Giving all the love I feel for you
Couldn't make you change your point of view
You're leavin'
Now I'm sittin' here, I'm wastin' my timeI just don't know what I should do
It's a tragedy for me
To see the dream is over
And I never will forget the day we met
Girl I'm gonna miss you
Like a honey bee
You took the best of me
Now I can't erase those memories
Like a fairy tale
You are so unreal
You left a scar that's so hard to heal
When you had a taste of paradise
Back on earth can't feel
As cold as ice
I'm gonna miss you
I miss you

Milli Vanilli

...


O primeiro namorado é inesquecível sim, mas o término do primeiro namoro pra mim marcou mais do que todo o relacionamento. Foram quase dois anos de namoro, gostava tanto dele, irmão da amiga mais presente, tinha que mexer em tanta coisa pra acabar. Zona de conforto já me rondava na época, será que estava preparada pra sair dela??? Ou continuo aqui sem me reconhecer???Não tínhamos a nossa música, ela só veio com o término do namoro. Por fim, tomei a grande decisão. Amava; pelo menos acreditava que o amava pra época, mas sofria tanto. Não gostava de quem eu era ao lado dele. Sentia-me sufocada. Sentia-me dependente desse amor. Não era feliz, tinha apenas poucos momentos felizes. Eu não era aquela que estava ao seu lado, não me reconhecia nela e não queria mais essa garota me envergonhando dia após dia. Amava demais e me sentia pouco amada. Com meus 15 anos, o primeiro e temido grande passo. Apaixonar-me por mim mesma.
So.....finish.
E então, eis que ele me deu a "nossa música".

segunda-feira, 24 de março de 2008

Making Love

I know just how to whisper
And I know just how to cry
I know just where to find the answers
And I know just how to lie


I know just how to fake it
And I know just how to scheme
I know just when to face the truth
And then I know just when to dream


And know just where to touch you
And I know just what to prove
I know when to pull you closer
And I know when to let you loose


And I know the night is fading
And I know the time's gonna fly
And I'm never gonna tell you everything I gotta tell you
But I know I gotta give it a try


And I know the roads to riches
And I know the ways to fame
I know all the rules and then I know how break them
And I always know the name of the game


But I don't know how to leave you
And I'll never let you fall
And I don't know how you do it
Making love out of nothing at all


Out of nothing at all
Out of nothing at all
Out of nothing at all (making love)
Out of nothing at all (making love)
Out of nothing at all (making love)
Out of nothing at all


Every time I see you all the rays of the sun
Are streaming through the waves in your hair
And every star in the sky
Is taking aim at your eyes like a spotlight


The beating of my heart is a drum and it's lost
And it's looking for a rhythm like you
You can take the darkness from the pit of the night
And turn into a beacon burning endlessly bright


I gotta follow it
Cause everything I own, now
It's nothing till I give it to you


I can make you find your power
I can make you lose your fearI can make your body do some very magical things
I'll make your inhibitions all disappear


I can make tonight forever
Or I can make it disappear by the dawn
And I can make you every promise that has ever been made
And I can make all your demons be gone


But I'm never gonna make it without you
Do you really wanna see me crawl
And I'm never gonna make it like you do


Making love out of nothing at all(Making love)
out of nothing at all(Making love)
out of nothing at all(Making love)
Out of nothing at all (making love)
Out of nothing at all (making love)
Out of nothing at all (making love)


Bonnie Tyler

...

Essa música me remete a uma época deliciosamente saudosa. Adolescência sonhadora. Na época eu e a Mi passávamos quase todos os finais de semana uma na casa da outra, madrugadas adentro relembrando do dia que passou, retalhando cada detalhe, falando de nossos amores, curtindo dores de cotovelo, sonhando com nossos futuros maridos que não fazíamos a menor idéia de quem seria, mas pra época sempre era o atual....Tudo isso ao som de Bonnie Tyler, entre outras músicas nostálgicas e com um cheiro gostoso de sonho quentinho no ar que vinha da panificadora dos meus pais.
"Gilmaaaaaaaaarrrrrr....traz sonho pra geeeeeente???????"

sábado, 15 de março de 2008

Rumours

How do rumors get started?they're started by the jealous people and
they get mad about somthin'they had,and sombody else is holdin'
They tell me that temptationis very hard to resist
these wicked women,oohh they just persist
maybe you think it's cute,but girl I'm not impressed
I tell you one time only
with my business please don't mess with you

Look at all these rumors
running me everyday
I just need some time
some time to get away from
from all these rumors
I can't take it no more
my best friend say did you
hear the one about meand the girl next door?

Did you hear the one about susan?some say she's much too loose
that came straight from a guy
who claims he's tastin' her juice
Did you hear the one about Michael?
Some say he must be gay
I tried to argue but they said
if he were straight he would'nt move that way
Did you hear the one about Susan?
some say she's just a tease
in a camosal she's six feet tall
she'll knock you to you knees..

Look at all these rumors
running me everyday
I just need some time
some time to get away from
from all these rumors
I can't take it no more
my best friend say did you
hear the one about meand the girl next door?

I can't go no place
without somebody pointin' a finger
I can't show my face cuzwhen it comes to rumors I'm a dead ringer
I'll think I'll write my congressman
and tell him to pass a bill
the next time they catch somebody
started rumors, shoot to kill!

Look at all these rumors
running me everyday
I just need some time
some time to get away from
from all these rumors
I can't take it no more
my best friend say did you
hear the one about me
and the girl next door?


Timex Social Club

...

Tenis, primeira boate. Quem é dessa época e da cidade de Joinville sente saudades enormes. Só funcionava as sextas, e nessa época meus pais deixavam ir a boate apenas duas vezes no mês. Preparativos começavam semanas antes. No dia alguma amiga dormiria na casa da outra. Um pai seria o responsável por levar e buscar. Mãe emprestava as meias finas que comprava aos montes do Paraguay. Os esquentas que na época e na minha idade não me pertenciam eram apenas de mulheres, para saber com que roupa iríamos. Implorávamos para o pai não deixar na porta da boate; suplicávamos para aumentar uma hora a mais na noite e torrávamos o saco do Dj para tocar Rumours... "oh no, not again".
E quando voltávamos, o que não passava das duas, as conversas rendiam até 5 ou 6 da manhã, com o padeiro trazendo sonho quentinho da panificadora de meus pais, e minha mãe fazendo incansáveis xiiiiiiiiiiii.
"I just need some time, some time to get away".

domingo, 2 de março de 2008

Yes

Ooh, yes, yes
Nothing never felt to me
Like you do right now
Aah, yes, yes,
That's the only word
I want to hear from your mouth
Oh, let's not waste our time
Hiding what we feel inside
If your tongue is tied, just whisper yes,
Darling, yes, darling, yes
Yes, yes, don't you feel breathless
When I'm holding you near
Ah, yes, yes
We could light a fire
And keep it burning for years
It's that misty look inside your eyes
That I want to monopolize
Feel your skin on mine,
It's crying yes darling, yes darling, yes
Romantic pressure's gonna drive me insane,
Time goes by and I'm losing ground
Do you want to see a loved one in chains,
I'm sinking baby, I'm gonna drown, I’m going down
Oh, yes, yes
Can't you feel the passion
When I look in your eyes?Ah, yes, yes
This is how I want it
For the rest of my life
Oh, giving fire to your flame,
Every time you speak my name
Close your eyes and say it to me
Yes darling, yes darling, yes.
Tim Moore

...


Essa música me lembra o primeiro beijo. Na verdade foi o primeiro selinho. Foi a primeira vez que um garoto dizia lembrar de mim ao ouvir uma música.

terça-feira, 26 de fevereiro de 2008

Aquarela

Numa folha qualquer eu desenho um sol amarelo
E com cinco ou seis retas é fácil fazer um castelo...
Corro o lápis em torno da mão e me dou uma luva
E se faço chover com dois riscos tenho um guarda-chuva...
Se um pinguinho de tinta cai num pedacinho azul do papel
Num instante imagino uma linda gaivota a voar no céu...
Vai voando contornando a imensa curva Norte e Sul
Vou com ela viajando Havaí, Pequim ou Istambul
Pinto um barco a vela branco navegando é tanto céu e mar num beijo azul...
Entre as nuvens vem surgindo um lindo avião rosa e grená
Tudo em volta colorindo com suas luzes a piscar...
Basta imaginar e ele está partindo, sereno e lindo e se a gente quiser ele vai pousar...
Numa folha qualquer eu desenho um navio de partida
Com alguns bons amigos bebendo de bem com a vida...
De uma América a outra eu consigo passar num segundo
Giro um simples compasso e num círculo eu faço o mundo...
Um menino caminha e caminhando chega no muro
E ali logo em frente a esperar pela gente o futuro está...
E o futuro é uma astronave que tentamos pilotar
Não tem tempo, nem piedade, nem tem hora de chegar
Sem pedir licença muda a nossa vida e depois convida a rir ou chorar...
Nessa estrada não nos cabe conhecer ou ver o que virá
O fim dela ninguém sabe bem ao certo onde vai dar
Vamos todos numa linda passarela de uma aquarela que um dia enfim
Descolorirá...
Numa folha qualquer eu desenho um sol amarelo(Que descolorirá!)
E com cinco ou seis retas é fácil fazer um castelo(Que descolorirá!)
Giro um simples compasso num círculo eu faço o mundo(Que descolorirá!)...


(Toquinho)

...

Aquarela foi a música que cantei na primeira formatura que tenho lembrança. Foi na 4a série do Colégio de Aplicação da FURJ. Alguém tocando piano, e nós alunos cantando para nossos pais esta canção. Foi marcante por ter sido a despedida deste colégio. Já de pequena era decidida, gostava de um menino e por não gostar da maneira que ele agia comigo pedi a meu pai que me trocasse de escola. Não queria mais sofrer....oh medo que vem de longe, desde lá já fugia dos "relacionamentos" por medo de perder....tenho que levar isso pra minha psicóloga...rs

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2008

If you're not here

Gotta catch that plane at 7:30 Why haven't you come to say goodbye
Time is running out and I'm still waiting
I am so lost without you, I could die
Yesterday you said you loved me
Everything seemed to be fine
Today you are not here, I am so lonely
It's the waiting that's driving me
Out of my mind
Don't know how I'll sing in that big city
How can I perform if you are not there
This will be the worst of all my journeys
The image of your face will follow me everywhere
I need your tender kisses
The feel of your hands, your caress
Your perfume has me burning
My heart is yearning to touch you I need you so much
If you're not here, by my side
Can't hold back the tears
I try to hide
Don't think I can take it
I know I won't make it
Make it without you
If you're not here, by my side
Only your love, keeps me alive
No sense in dreaming
My life has no meaning
If you're not here
I need your tender kisses
The feel of your hands, your caress
Your perfume has me burning
My heart is yearning to touch you
I need you so much
If you're not here, by my side
Can't hold back the tears I try to hide
Don't think I can take it
I know I won't make it
Make it without you
If you're not here, by my side
Only your love, keeps me alive
No sense in dreaming
My life has no meaning
If you're not here
Menudo

...


Quem na minha idade não lembra dos Menudos...Foi o primeiro grupo que eu fui tiete...Foi a primeira música que me despertou a paixão... Foi a primeira dança a dois... Musica lenta, festinha americana, meninas de um lado, meninos do outro, cochichos, os meninos mais descolados iam de Bike para as festas, as meninas mais descoladas beijavam seus namoradinhos....Eu não era descolada, não beijava e por gostar imensamente do garoto recusei dançar com ele... (?)...vai entender isso agora? Ele saiu bravo da festa, "cavando pneu da bici" por eu estar dançando com o melhor amigo dele. Com ele não, porque dai o que ele iria pensar????rs....Inocência boa...Mas então depois da cena já típica dos imaturos meninos, resolvi aceitar a dança de rosto colado....meu coração disparou...Estava dançando com o menino que eu gostava....Ai....o que minha mãe vai pensar????

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2008

Beat It


They told him don't you ever come around here
Don't wanna see your face, you better disappear
The fire's in their eyes and their words are really clear
So beat it, just beat it

You better run, you better do what you can
Don't wanna see no blood, don't be a macho man
You wanna be tough, better do what you can
So beat it, but you wanna be bad

Just beat it, beat it, beat it, beat it
No one wants to be defeated
Showin' how funky and strong is your fight
It doesn't matter who's wrong or right
Just beat it, beat it
Just beat it, beat it
Just beat it, beat it

They're out to get you, better leave while you can
Don't wanna be a boy, you wanna be a man
You wanna stay alive, better do what you can
So beat it, just beat it

You have to show them that you're really not scared
You're playin' with your life, this ain't no truth or dare
They'll kick you, then they beat you,Then they'll tell you it's fair
So beat it, but you wanna be bad

Just beat it, beat it, beat it, beat it
No one wants to be defeated
Showin' how funky and strong is your fight
It doesn't matter who's wrong or right
Just beat it, beat it, beat it, beat it

No one wants to be defeated
Showin' how funky and strong is your fight
It doesn't matter who's wrong or right
Just beat it, beat it, beat it, beat it

No one wants to be defeated
Just beat it, beat it
beat it, beat it, beat it


Michael Jackson

...

Quando estava na terceira série, e já dava meus passinhos de dança sem ter onde aprender, autodidata. Uma professora que eu gostava muito chamada Marcia, ia sair da escola que estudava na época, FURJ. Então nossa sala fez uma homenagem a ela e eu dancei, não sei bem o que, mas foi ao som de Beat it.

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2008

La cumparsita


...

Lembro que desde de cedo pedia a minha mãe que me deixasse fazer aula de dança, porém devido à situação financeira da época e sua falta de tempo, não me colocou tão cedo.Como tive a sorte de estudar num colégio que anexo tinha a faculdade de educação ficica, uma estudante que tinha que concluir o curso e desenvolver sua tese assistia às aulas de ed. física do primário, e então achou que eu tinha potencial e foi pedir a minha mãe se podia me treinar. Foi minha primeira apresentação coreografada, um solo de ginastica olímpica, ao som de La cumparsita.

terça-feira, 5 de fevereiro de 2008

Não empurre, não force

Não empurre, não force
estamos de patins
se você nos empurra
acho que vamos cair

Ser ruim não é defeito
dá na mesma nos forçar
assim nao é direito
você tem que ajudar

Não empurre, não force
estamos de patins
se você nos empurra
acho que vamos cair

Nós estamos nessa pista
sem nenhuma pretensão
se você nos empurra
vamos todas para o chão

Não empurre, não force
estamos de patins
se você nos empurra
acho que vamos cair

...Não perturbe, sai pra lá. (não force!)
Nós queremos patinar (não force!)
Nós podemos invocar (não force!)
e no chão te derrubar (não force!)

As Patotinhas

...

Essa é a primeira música que tenho lembrança. Quando estava no jardim de infância ainda, lembro muito bem desta música, das patotinhas. Patio do jardim e dançando, copiando as meninas que se apresentavam em cima de patins.